Domingo, 03 de julho de 2022

Política

Hang nega ter ocultado que mãe morreu de Covid, elogia Prevent e ataca CPI

Apoiador de Bolsonaro, empresário disse que o caso está sendo usado como "artifício político"

Hang nega ter ocultado que mãe morreu de Covid, elogia Prevent e ataca CPI

Foto: Reprodução/Instagram

Por: Metro1 no dia 23 de setembro de 2021 às 09:19

Após a repercussão de que teria ocultado o motivo da morte da mãe, o empresário Luciano Hang afirmou ter "total confiança nos procedimentos adotados pela Prevent Senior" e disse que o caso está sendo usado como "artifício político" pela CPI da Covid.

Na quarta-feira (22), reportagem do jornal O Estado de S. Paulo afirmou que 15 médicos que dizem ter trabalhado para o plano de saúde entregaram um dossiê à comissão do Senado apontando que a declaração de óbito de Regina Modesti Hang foi fraudada.

Ela morreu aos 82 anos em fevereiro deste ano após ser internada com Covid-19. Seu prontuário médico, no entanto, dizia que a morte foi em decorrência de uma pneumonia bacteriana, de acordo com o Estadão.
Em nota, o empresário afirma que a "covid passou, mas ficaram as complicações por conta das comorbidades e, por isso, infelizmente ela se foi".

"Tenho total confiança nos procedimentos adotados pelo Prevent Senior e que tudo que era possível foi feito. Deixei claro a causa do falecimento de minha mãe em várias manifestações públicas e nas redes sociais, nunca foi segredo", disse Luciano Hang, apoiador do presidente Jair Bolsonaro (sem partido). 

Em fevereiro, Hang lamentou a perda da mãe. "A dor de perder uma mãe é inexplicável, é um buraco enorme que se abre no peito, mas logo será preenchido por saudades e boas lembranças dos momentos únicos que compartilhamos juntos", disse Luciano Hang em postagem no Instagram, após agradecer a todos os profissionais que estiveram com Regina nos últimos dias. À época, ele publicou um vídeo em suas redes sociais em que dizia lamentar que a mãe não tivesse recebido o tratamento precoce.

Hang nega ter ocultado que mãe morreu de Covid, elogia Prevent e ataca CPI - Metro 1