Sábado, 02 de julho de 2022

Política

ACM Neto diz que prioridade após fusão DEM-PSL será candidatura própria à Presidência

Entre os possíveis postulantes estão o apresentador José Luiz Datena, o ex-ministro Luiz Henrique Mandetta e o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco

ACM Neto diz que prioridade após fusão DEM-PSL será candidatura própria à Presidência

Foto: Gilberto Júnior/Divulgação

Por: Alexandre Santos e Adele Robichez no dia 24 de setembro de 2021 às 09:27

O presidente nacional do DEM, ACM Neto, afirmou ao Metro1 nesta quinta-feira (23) que, concluída a fusão com o PSL, a sua nova sigla terá como prioridade lançar candidatura própria na disputa ao Planalto em 2022. Até agora, estão no páreo como possíveis postulantes o apresentador José Luiz Datena, o ex-ministro Luiz Henrique Mandetta (Saúde) e o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG).

“Cada coisa no seu devido momento. A gente tem que concluir o processo de fusão. Depois da conclusão do processo de fusão, vamos abrir internamente, dando certo o novo partido, um processo de discussão sobre as eleições de 2022. O que eu posso te adiantar é que a nossa prioridade absoluta será ter um candidato próprio à Presidência da República. Já vamos largar com três nomes fortes de pré-candidaturas: a do apresentador Datena; a do ex-ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta; e do presidente do Senado Federal, Rodrigo Pacheco. Essa é a nossa prioridade absoluta”, disse ACM Neto, durante durante inauguração da Cidade da Música, no bairro do Comércio. 

ACM Neto diz que prioridade após fusão DEM-PSL será candidatura própria à Presidência - Metro 1