Quinta-feira, 09 de dezembro de 2021

Política

Prefeito de Brumado pede desfiliação do PSB, que vê 2ª debandada em uma semana

Eduardo Lima Vasconcelos comunicou decisão por meio de uma carta; recentemente, ele participou de atos pró-Bolsonaro em Brasília

Prefeito de Brumado pede desfiliação do PSB, que vê 2ª debandada em uma semana

Foto: Reprodução/Instagram

Por: Metro1 no dia 19 de outubro de 2021 às 10:37

O prefeito de Brumado, Eduardo Lima Vasconcelos, anunciou sua desfiliação do Partido Socialista Brasileiro, o PSB. Em uma carta, ele comunicou que tomou a decisão por “motivos de ordem pessoal”. 

“Na certeza do pronto atendimento ao quanto solicitado, aproveito o ensejo para render sinceros agradecimentos pelo apoio e experiência partidária adquirida durante os anos de filiação”, diz trecho do manuscrito redigido pelo prefeito, de acordo com o site do jornal A Tarde.

O desembarque de Vasconcelos da sigla socialista teria sido motivado por um desgaste interno, após o gestor participar de atos de apoio ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido) em Brasília. 

No mês passado, a executiva estadual do PSB já o teria avisado que a tendência seria convidá-lo a deixar o partido. 

É a segunda possível debandada que a legenda comanda pela deputada federal Lídice da Mata sofre no intervalo de pouco mais de uma semana. No dia 11 de outubro, o prefeito de Mundo Novo, Dr. Adriano declarou apoio “incondicional” a ACM Neto (DEM) em sua possível candidatura ao Palácio de Ondina em 2022. 

Filiado ao PSB e eleito pela base do governador Rui Costa (PT), o gestor municipal deve ser punido pelo gesto de infidelidade, conforme prometeu a direção da sigla. Até o momento, não houve deliberação sobre o caso.

Prefeito de Brumado pede desfiliação do PSB, que vê 2ª debandada em uma semana - Metro 1