Quinta-feira, 19 de maio de 2022

Política

Em almoço, Nilo não fecha com PT e ainda aspira candidatura ao Senado

Oposição também não fez ainda nenhum convite ao deputado

Em almoço, Nilo não fecha com PT e ainda aspira candidatura ao Senado

Foto: Matheus Simoni / Metropress

Por: Chayenne Guerreiro no dia 28 de janeiro de 2022 às 09:35

De olho em uma vaga no Senado, o deputado federal Marcelo Nilo (PSB) almoçou na última quinta-feira (27) com o secretário de Relações Institucionais do governo da Bahia, Luiz Carlos Caetano. O almoço, no entanto, não rendeu bons frutos para o psdbista. 

"Minha conversa com Nilo foi de amizade. Ouvi o lado dele, ele ouviu o meu. O PT leva no primeiro turno, a eleição é de Wagner. Wagner e Lula. ACM Neto tem se preocupado em ir para o terceiro lugar, [porque] Roma está crescendo. Nossas pesquisas internas mostram Wagner com mais de 50%. É primeiro turno. Nilo não pensa assim, eu respeito", explicou em conversa com o Metro1.

Na verdade, Nilo luta por uma vaga no Senado. "Sempre tive o sonho de ser senador e no grupo não tem espaço. Rui já anunciou, vai construir a campanha ao lado de Otto e Leão e depois deles, o governo vai ser construído em torno dos filhos deles. Eu nunca vou ser senador lá", revelou.

Mesmo sem nenhuma insistência do PT, conforme noticiado pelo Metro1, o líder da bancada baiana permanece na base, por enquanto. Isso porque mesmo depois de muitos almoços com o candidato de oposição, ACM Neto (DEM), ainda não houve nenhum tipo de convite  formal do demista.

Em almoço, Nilo não fecha com PT e ainda aspira candidatura ao Senado - Metro 1