Política

Suíca passa liderança de oposição para Aladilce e faz balanço sobre comando

A manhã desta terça-feira (2) é marcada, na Câmara de Vereadores de Salvador, com a volta dos trabalhos da casa legislativa. Na ocasião, o vereador Luiz Carlos Suíca (PT) passou a liderança de oposição da Câmara para a vereadora Aladilce Souza (PCdoB). Em entrevista ao Metro1, o ex-líder fez um balanço do período que esteve no comando da oposição e deixou uma mensagem para Aladilce. [Leia mais...]

[Suíca passa liderança de oposição para Aladilce e faz balanço sobre comando]
Foto : Tácio Moreira / Metropress

Por Camila Tíssia e Matheus Morais no dia 02 de Fevereiro de 2016 ⋅ 10:45

A manhã desta terça-feira (2) é marcada, na Câmara de Vereadores de Salvador, com a volta dos trabalhos da casa legislativa. Na ocasião, o vereador Luiz Carlos Suíca (PT) passou a liderança de oposição da Câmara para a vereadora Aladilce Souza (PCdoB). Em entrevista ao Metro1, o ex-líder fez um balanço do período que esteve no comando da oposição e deixou uma mensagem para Aladilce.

"Primeiro desejar a ela uma boa sorte, uma boa liderança que eu acho que ela fará isso com muita competência, muita capacidade que ela tem. É uma figura que já tem um nome cravado em vários movimentos, movimentos sindicais, e aqui na Câmara de Vereadores também. Para mim foi muito importante essa experiência de estar como líder da oposição, liderar figuras como Waldir Pires, a própria Aladilce, tantos outros vereadores de renome. Nós conseguimos fazer uma oposição agregadora, fizemos vários debates importantes, criticados por alguns, porque cada um faz oposição da forma que deve, e esse é meu jeito de fazer política. Eu acho que a gente tem que propor para que a gente possa ter uma cidade melhor. Então foi isso que eu fiz e quero continuar fazendo isso como vereador que foi para isso que fui eleito", afirmou.

Notícias relacionadas

[Doria diz que Bolsonaro precisa trabalhar mais e tuitar menos]
Política

Doria diz que Bolsonaro precisa trabalhar mais e tuitar menos

Por Juliana Rodrigues no dia 20 de Setembro de 2019 ⋅ 10:40 em Política

Nova provocação entre os potenciais adversários nas eleições presidenciais de 2022 acontece em meio ao anúncio de investimentos da montadora Toyota em São Paulo