Quinta-feira, 07 de julho de 2022

Política

Bruno Reis diz que prefeitura vai cobrar dívidas de Bacelar e João Henrique no caso Pierre Bourdieu

O escândalo da Fundação Pierre Bourdieu completou uma década em 2022

Bruno Reis diz que prefeitura vai cobrar dívidas de Bacelar e João Henrique no caso Pierre Bourdieu

Foto: Divulgação

Por: Rodrigo Daniel Silva no dia 17 de maio de 2022 às 12:26

O prefeito de Salvador, Bruno Reis (UNIÃO), disse, na manhã desta terça-feira (17), que a gestão municipal vai cobrar a dívida de R$ 47,7 milhões  de João Henrique e de João Carlos Bacelar,  ex-prefeito e deputado federal, respectivamente. A dupla foi condenada no  escândalo da Fundação Pierre Bourdieu, pelo Tribunal de Contas dos Municípios (TCM).
 
“Isso é algo que funciona de forma automática. Hoje, a prefeitura tem controladoria própria, tem autonomia, tem status de secretaria. Os processos são julgados pelo tribunal, a prefeitura é notificada e eles têm que ter o curso que assim determina a legislação. É dever, a obrigação da prefeitura, realizar os atos, conforme os julgamentos praticados pelo tribunal de contas dos municípios”, afirmou Bruno, durante coletiva de imprensa.
 
O escândalo da Fundação Pierre Bourdieu completou uma década em 2022. Em auditoria exclusiva que o Jornal da Metropole teve acesso, usado para embasar a condenação em primeira instância, são mostrados 22 pontos de fraude em em processos licitatórios, uso de verbas de um convênio em objeto de outro, desvio na finalidade de contratação de pessoal e 256 notas fiscais (no valor de mais de R$ 14 milhões) com irregularidades.

Bruno Reis diz que prefeitura vai cobrar dívidas de Bacelar e João Henrique no caso Pierre Bourdieu - Metro 1