Sábado, 02 de julho de 2022

Política

Randolfe obtém número mínimo de assinaturas para CPI do MEC, mas busca 'gordura' para evitar fugas

Randolfe afirmou que espera conseguir ainda nos próximos dias a assinatura do senador baiano Otto Alencar (PSD), Marcelo Castro (MDB-PI) e do senador Izalci Lucas (PSDB-MG)

Randolfe obtém número mínimo de assinaturas para CPI do MEC, mas busca 'gordura' para evitar fugas

Foto: Waldemir Barreto/Agência Senado

Por: Metro1 no dia 23 de junho de 2022 às 14:40

O senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) afirmou nessa quinta-feira (23) que obeteve todas as assinaturas necessárias para a instalação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar casos de corrupção no Ministério da Educação (MEC) durante o governo de Jair Bolsonaro (PL). O número para instalar a CPI é de 27 assinaturas.

Randolfe afirmou que espera conseguir ainda nos próximos dias a assinatura do senador baiano Otto Alencar (PSD), Marcelo Castro (MDB-PI) e do senador Izalci Lucas (PSDB-MG). O objetivo é ter um número superior ao mínimo, caso o governo pressione alguns senadores a retirarem seus nomes.

 “Iremos nos dedicar a confirmação dessas outras três. Portanto, não protocolaremos ainda, no dia de hoje, esse requerimento”, disse Randolfe. O parlamentar afirmou ainda que irá aguardar até a próxima terça-feira (28) para conseguir as três assinaturas para ampliar a margem do requerimento.

 

Randolfe obtém número mínimo de assinaturas para CPI do MEC, mas busca 'gordura' para evitar fugas - Metro 1