Política

“Temos um novo presidente da República”, diz MK sobre Lula na Casa Civil

Direto dos Estados Unidos, Mário Kertész comentou na tarde desta quarta-feira (16), a ida do ex-presidente Lula para a Casa Civil da Presidência da República, substituindo Jaques Wagner. [Leia mais...]

[“Temos um novo presidente da República”, diz MK sobre Lula na Casa Civil]
Foto : Tácio Moreira/ Metropress

Por Matheus Morais no dia 16 de Março de 2016 ⋅ 12:18

Direto dos Estados Unidos, Mário Kertész comentou na tarde desta quarta-feira (16), a ida do ex-presidente Lula para a Casa Civil da Presidência da República, substituindo Jaques Wagner. O petista aceitou o convite da presidente Dilma Rousseff nesta quarta-feira (16) após uma longa reunião na tarde e noite de terça-feira (15). Para MK, o Brasil tem um novo presidente da República. 

“Temos um novo presidente da República, O ex-presidente Lula, que aceitou o convite e a assume Casa Civil. Ele deve derrubar o presidente do Banco Central e o ministro da Fazenda deve ser uma figura decorativa. A situação do PT é péssima, estão dando a última jogada, Lula assume a presidência, Dilma fica quietinha, vão tentar mudar as coisas através de medidas econômicas prenunciadas por um instituto de economistas do PT, exatamente contra as medidas propostas pelo ex-ministro Joaquim Levy”, disse.  

“Para mim, o que Lula vai tentar fazer é isso, se der certo, Lula estará melhor e o governo estará mantido. além disso, Lula deixa de estar sobre as garras de Sérgio Moro e ficará no STF, que tem um julgamento mais político e mais lento”, completou MK. 

Para MK, Lula assumir um ministério no governo Dilma é a última saída do governo federal. “Certamente, a única saída não é um beco sem saída. É uma rendição total e absurda da presidente Dilma, a gerentona, mãe do PAC, que se acabou rápido. Nós estamos vivendo novos dias. Aí Jaques Wagner que tem parte nisso, Mercadante vai para o inferno rápido, rápido. O que Delcídio disse bota todo mundo na fogueira”, ressaltou. 

Ouça o comentário na íntegra:

Notícias relacionadas

[Doria diz que Bolsonaro precisa trabalhar mais e tuitar menos]
Política

Doria diz que Bolsonaro precisa trabalhar mais e tuitar menos

Por Juliana Rodrigues no dia 20 de Setembro de 2019 ⋅ 10:40 em Política

Nova provocação entre os potenciais adversários nas eleições presidenciais de 2022 acontece em meio ao anúncio de investimentos da montadora Toyota em São Paulo