Política

"Preocupação do governo é obstruir a Lava Jato”, afirma Sandro Régis

Os últimos desdobramentos políticos envolvendo o ex-presidente Lula, que foi empossado ministro da Casa Civil nesta quinta-feira (17), mas teve um mandato judicial suspendendo a nomeação, foram repudiados pela bancada de oposição da Assembleia Legislativa da Bahia. [Leia mais...]

[
Foto : Divulgação

Por Bárbara Silveira no dia 17 de Março de 2016 ⋅ 15:11

Os últimos desdobramentos políticos envolvendo o ex-presidente Lula, que foi empossado ministro da Casa Civil nesta quinta-feira (17), mas teve um mandato judicial suspendendo a nomeação, foram repudiados pela bancada de oposição da Assembleia Legislativa da Bahia.

Ressaltando que a intenção do governo com a nomeação de Lula seria “impedir o andamento da Operação Lava Jato", os parlamentares de oposição criticaram o conteúdo de conversar entre Lula e Dilma, gravados pela Polícia Federal e divulgados pelo juiz Sérgio Moro na última quarta-feira (16).

" Mais uma vez fica claro através dessas gravações que surpreenderam a população brasileira que a grande preocupação do governo federal, expressado pela presidente e seus ministros palacianos, é obstruir a Operação Lava Jato", frisou o deputado Sandro Régis, líder da bancada."Temos certeza que a Justiça brasileira, no papel da guardiã dos direitos constitucionais, não irá se intimidar com aquele que se achava acima das leis e o dono do país", concluiu.

Notícias relacionadas