Faça parte do canal da Metropole no WhatsApp >>

Sexta-feira, 23 de fevereiro de 2024

Política

Laina Crisóstomo 'some' da Câmara de Salvador, Marta vira líder informal, mas bancada minimiza mudanças

Marta Rodrigues, do PT, é a atual vice-líder da bancada da minoria na Câmara de Vereadores de Salvador

Laina Crisóstomo 'some' da Câmara de Salvador, Marta vira líder informal, mas bancada minimiza mudanças

Foto: Divulgação/Câmara Municipal de Salvador

Por: Rodrigo Daniel Silva no dia 01 de dezembro de 2023 às 14:46

Atualizado: no dia 02 de dezembro de 2023 às 06:42

Com a justificativa de que vem sofrendo com problemas de saúde e ameaças políticas, a líder da oposição na Câmara de Salvador, Laina Crisóstomo (Psol), tem participado raramente das atividades legislativas. Sob a condição de anonimato, quatros vereadores ouvidos pelo Metro1, de ambas as bancadas, relataram que a colega não tem marcado presença nas sessões plenárias nem no Colégio de Líderes. Sua participação tem se limitado às votações no Legislativo da capital baiana.

Segundo os vereadores, com as ausências constantes de Laina Crisóstomo, Marta Rodrigues (PT) virou uma espécie de “líder informal da oposição” na Casa. A petista é a atual vice-líder da bancada da minoria. 

Em nota enviada ao Metro1, a própria vereadora do Psol confirma que tem faltado às atividades legislativas. Segundo ela, a sua ausência no Colégio de Líderes decorre de “esgotamento em razão dos últimos ataques públicos que venho sofrendo, com ameaças à minha integridade física”.

A vereadora afirmou também que não esteve presente em uma reunião da minoria com o presidente da Câmara de Vereadores, Carlos Muniz (PSDB), pois o encontro contou apenas com a participação de "alguns membros da bancada". Ao Metro1, os aliados de Laina Crisóstomo minimizam as ausências da líder da oposição. Reservadamente, disseram que a falta dela é sentida, mas não prejudica a bancada uma vez que Marta Rodrigues tem exercido o papel e todos têm autonomia nos mandatos. 

Nas últimas votações na Câmara de Salvador, a maioria da bancada oposicionista tem votado favorável aos projetos enviados pelo prefeito Bruno Reis (União) à Casa, como mostrou o Metro1. Os vereadores atribuem o apoio a Muniz, que tem articulado para aprovar as matérias do Executivo com tranquilidade e celeridade.

Laina Crisóstomo deixa a liderança da oposição no início do próximo ano, quando o vereador Sílvio Humberto (PSB) assume o posto.