Faça parte do canal da Metropole no WhatsApp >>

Quarta-feira, 10 de abril de 2024

Política

No G20, Haddad defende imposto global para super-ricos

Ministro participou do evento de maneira virtual, após ser diagnosticado com Covid-19

No G20, Haddad defende imposto global para super-ricos

Foto: Kelly Fersan/MF

Por: Metro1 no dia 28 de fevereiro de 2024 às 14:37

O ministro da Fazenda, Fernando Haddad (PT), defendeu nesta quarta-feira (28), durante a abertura da 1ª reunião de ministros de Finanças e presidentes de bancos centrais do G20, a criação de uma tributação mínima global sobre a riqueza.

"Reconhecendo os avanços obtidos na última década, precisamos admitir que ainda precisamos fazer com que bilionários do mundo paguem sua justa contribuição em impostos", afirmou Haddad. O ministro participou do evento de maneira virtual, após ser diagnosticado com Covid-19.

O presidente do Banco Central (BC), Roberto Campos Neto, também discursou. O G20 reúne as principais economias do mundo, além da União Europeia e da União Africana. O Brasil comanda o grupo desde dezembro do ano passado.

"As crises econômicas resultantes causaram grandes perdas socioeconômicas. Enquanto a hiperfinanceirização prosseguiu em ritmo acelerado, um complexo sistema [...] foi estruturado para oferecer formas cada vez mais elaboradas de evasão tributária aos super-ricos", disse.