Faça parte do canal da Metropole no WhatsApp >>

Quarta-feira, 17 de abril de 2024

Política

Lula ironiza pedido de Bolsonaro por anistia: "pensou no golpe e não teve coragem"

A declaração foi feita na terça-feira (28) durante entrevista ao programa É Notícia, da RedeTV!

Lula ironiza pedido de Bolsonaro por anistia: "pensou no golpe e não teve coragem"

Foto: Ricardo Stuckert / PR

Por: Metro1 no dia 28 de fevereiro de 2024 às 15:46

Atualizado: no dia 28 de fevereiro de 2024 às 15:50

Em entrevista ao programa É Notícia, da RedeTV!, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) ironizou o pedido de anistia aos presos pelos atos golpistas de 8 de janeiro feito pelo ex-mandatário Jair Bolsonaro (PL). A declaração foi feita na terça-feira (27).

“Primeiro você vai ser julgado, você cometeu muita barbaridade. Você vai ser julgado, apreciado. Vai ter seu advogado de defesa. Eu só quero que você tenha a presunção de inocência que eu não tive", disse Lula ao jornalista Kennedy Alencar.

“Está pedindo anistia? Você quer apagar a bobagem que fez? A bobagem é que ele se acovardou, pensou o golpe, não teve coragem. Foi embora para os EUA com antecedência, achando que ia acontecer [o golpe], que a sociedade iria sair todo mundo apavorado e ele ia voltar ungido pelas massas. E não foi isso o que aconteceu. O que aconteceu é que as instituições assumiram a responsabilidade pela democracia e você agora está em um processo de investigação”, afirmou.

Lula ainda criticou Bolsonaro pelo fato do ex-presidente ter se calado durante o depoimento dado à Polícia Federal, “Porque ele fala bobagem o dia inteiro, quando era presidente era de manhã, de tarde, de noite. Agora no processo, ele chega todo fino, sem querer falar. Então, é isso que vai acontecer, vai ser investigado, prestar depoimento e um belo dia terá o julgamento. Se for inocente, será inocente”, disse.

Por fim, Lula ainda criticou “Eu sei que o cara quando é covarde não fala. Quando o cara é covarde e vai prestar depoimento, o advogado fala: ‘Não fala nada’. E eu sei que ele foi lá e ficou quietinho, com boca fechada”, concluiu.