Faça parte do canal da Metropole no WhatsApp >>

Terça-feira, 21 de maio de 2024

Home

/

Notícias

/

Política

/

Foragido da Justiça, Allan dos Santos telefonou e divulgou número de Moraes em live

Política

Foragido da Justiça, Allan dos Santos telefonou e divulgou número de Moraes em live

Allan é considerado foragido pela Justiça Brasileira, ele é investigado nos inquéritos das Fake News e das Milícias Digitais, e está proibido de criar perfis em redes sociais como o X

Foragido da Justiça, Allan dos Santos telefonou e divulgou número de Moraes em live

Foto: Allan dos Santos/ Agência Senado

Por: Metro1 no dia 18 de abril de 2024 às 17:21

Atualizado: no dia 18 de abril de 2024 às 17:47

O blogueiro bolsonarista Allan dos Santos, criador do canal Terça Livre, acessou ilegalmente o número de celular do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, e tentou telefonar para ele durante uma live.

As informações integram a lista de documentos vazados na quarta-feira (17), por deputados do partido Republicano dos Estados Unidos que integram a Comissão de Justiça da Câmara dos Representante.

De acordo com informações da Carta Capital, o documento diz que Moraes passou a receber “diversas ligações de cunho ofensivo e ameaças”. A situação se intensificou no contexto dos ataques golpistas do 8 de Janeiro de 2023.

"Resultou no recebimento de diversas ligações e mensagens de cunho ofensivo e ameaçador, colocando em risco a segurança pessoal do ministro e de sua família", aponta relatório.  Allan é considerado foragido pela Justiça Brasileira, ele é investigado nos inquéritos das Fake News e das Milícias Digitais, e está proibido de criar perfis em redes sociais como o X.

Ataques a Moraes

No início deste mês, Allan fez uma live no X (antigo Twitter) para quase 10 mil usuários, no canal Terça Livre. Ele retornou à plataforma, de onde foi suspenso por decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), após Elon Musk criticar as decisões do ministro Alexandre de Moraes. 

Ao longo dos minutos em que ficou no ar, o jornalista proferiu xingamentos a Moraes e disse que retomará as atividades do "Terça Livre" em território americano — onde mora atualmente — prometendo transmissões diárias.

Houve ainda referências a Musk: Allan leu no ar a decisão em que Moraes incluiu o empresário entre os investigados no inquérito das milícias digitais e fixou multa de R$ 100 mil para os descumprimentos do X.