Política

Ministro diz que baixa popularidade de Michel Temer é reflexo de crise herdada

O ministro da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, Marcos Pereira, minimizou os resultados da pesquisa divulgada nesta terça-feira (4) sobre a rejeição ao governo do presidente Michel Temer. Segundo ele, o levantamento reflete que os efeitos da crise herdada pelo governo federal.[Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Lula Marques/Agência PT

Por Matheus Simoni no dia 04 de Outubro de 2016 ⋅ 14:39

O ministro da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, Marcos Pereira, minimizou o resultado da pesquisa divulgada nesta terça-feira (4) sobre a rejeição ao governo do presidente Michel Temer. Segundo ele, o levantamento reflete que os efeitos da crise herdada pelo governo federal. "Eu acho que [o resultado apontado pela pesquisa da CNI] faz parte do momento em que do Brasil está vivendo. Recebemos o país em uma crise profunda. Mas acho que já deu uma melhorada. Vamos continuar melhorando porque estamos todos empenhados para avançar, para melhorar o ambiente de negócio, gerar emprego e gerar renda", disse o ministro no Palácio do Planalto.

"Até porque, como costumo dizer, emprego é o melhor programa social”, acrescentou. 39% dos entrevistados classificam a gestão como "Ruim/Péssima" enquanto 14% dos que participaram acham que Temer faz um governo "Ótimo/bom".

Outros 34% avaliaram como "Regular" e 12% não souberam ou não opinaram. Os eleitores mostraram também que não confiam no presidente, opinião expressada por 68% dos entrevistados contra 26% dos que confiam. 

Notícias relacionadas