Política

Neto diz que oposição perdeu tempo com ataques: "Ninguém nem lembra de proposta"

Reeleito há quase um mês com 74% dos votos válidos em Salvador, o prefeito ACM Neto (DEM) foi entrevistado por Mário Kertész, na Rádio Metrópole, na manhã desta terça-feira (1º), e voltou a comentar a vitória expressiva na capital baiana. Para o democrata, a oposição perdeu tempo o atacando durante a campanha. [Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Tácio Moreira/Metropress

Por Gabriel Nascimento e Matheus Morais no dia 01 de Novembro de 2016 ⋅ 09:21

Reeleito há quase um mês com 74% dos votos válidos em Salvador, o prefeito ACM Neto (DEM) foi entrevistado por Mário Kertész, na Rádio Metrópole, na manhã desta terça-feira (1º), e voltou a comentar a vitória expressiva na capital baiana. Para o democrata, a oposição perdeu tempo o atacando durante a campanha. "Meus adversários passaram a campanha toda me atacando, me agredindo. Ninguém lembra mais de nenhuma proposta deles. O erro deles foi apostar no discurso do impeachment, que na prática não tinha nenhum resultado", afirmou.

"A população de Salvador deu a resposta. A população tem clareza de como a política deve ser feita. De um lado, houve um reconhecimento e do outro houve um julgamento dos adversários", acrescentou.

De acordo com Neto, a tentativa de "nacionalizar" a disputa municipal, já tinha sido frustrada em outro pleito. "Não tinha dado certo em 2012. Vinham aqui ministros, tinham discurso do alinhamento, que só daria certo com alinhamento. Esse discurso de golpe foi uma loucura. Eu do lado de cá, gostava do discurso deles. Sabia que não ia dar certo. Não dá mais pra eleger postes, não tem isso. As musiquinhas acabaram, tem que reiventar, isso não dá mais efeito", declarou.

Notícias relacionadas

['A gente vai dar muito trabalho', diz Tabata Amaral]
Política

'A gente vai dar muito trabalho', diz Tabata Amaral

Por Matheus Simoni e Juliana Almirante no dia 23 de Maio de 2019 ⋅ 13:10 em Política

Deputada integra a comissão da Educação na Câmara e contou sobre o trabalho feito pelos 59 parlamentares que fazem parte do colegiado

[Prefeitura cancela nomeação de noivo de vereadora]
Política

Prefeitura cancela nomeação de noivo de vereadora

Por Alexandre Galvão no dia 23 de Maio de 2019 ⋅ 11:30 em Política

Anteriormente, Djavan iria trabalhar na Secretaria Municipal de Promoção Social e Combate à Pobreza, que já abriga a Diretoria Animal, que tem o primo da vereadora, Gusta...