Política

Alexandre Moraes deve receber 7,5 mil processos ao tomar posse no STF

O novo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes, aprovado na manhã desta quarta (22), deverá receber 7,5 mil processos ao tomar posse na Corte. Por substituir o ministro Teori Zavascki, morto em um acidente de avião no mês passado, o ex-ministro da Justiça vai relatar os processos que faziam parte do gabinete de Teori. [Leia mais...]

[Alexandre Moraes deve receber 7,5 mil processos ao tomar posse no STF]
Foto : Agência Brasil

Por Laura Lorenzo no dia 22 de Fevereiro de 2017 ⋅ 14:38

O novo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes, aprovado na manhã desta quarta (22), deverá receber 7,5 mil processos ao tomar posse na Corte. Por substituir o ministro Teori Zavascki, morto em um acidente de avião no mês passado, o ex-ministro da Justiça vai relatar os processos que faziam parte do gabinete de Teori.

Estarão sob responsabilidade de Moraes casos como a descriminalização do porte de drogas e a validade de decisões judiciais que determinam o fornecimento de medicamentos de alto custo na rede pública de saúde. Os julgamentos foram suspensos por pedidos de vista de Teori e passarão para o comando do novo ministro.

Indicado pelo presidente Michel Temer, Moraes deve tomar posse em até 30 dias, apesar do evento não ter sido marcado ainda pelo STF. O novo ministro foi aprovado por 55 votos contra 13.

Notícias relacionadas

[Reforma administrativa está pronta, diz Bolsonaro]
Política

Reforma administrativa está pronta, diz Bolsonaro

Por Luciana Freire no dia 22 de Fevereiro de 2020 ⋅ 18:00 em Política

Em entrevista à equipe de televisão, no Guarujá, onde passa o carnaval, Bolsonaro afirmou que o texto será entregue após o carnaval

[Bolsonaro anuncia demissão de toda a diretoria do Inmetro]
Política

Bolsonaro anuncia demissão de toda a diretoria do Inmetro

Por Luciana Freire no dia 22 de Fevereiro de 2020 ⋅ 16:00 em Política

“Implodi o Inmetro. Implodi. Mandei todo mundo embora”, afirmou o presidente na porta de um supermercado no Guarujá, onde passa o feriado de carnaval