Política

Escola Sem Partido: Aleluia critica opositora de projeto: "Acusação infundada"

Defensor do projeto de lei 'Escola sem Partido', que ampara a criação de regras para evitar doutrinação ideológica política de professores a alunos, o vereador Alexandre Aleluia (DEM) criticou Marta Rodrigues (PT), que é opositora ao texto. [Leia mais...]

[Escola Sem Partido: Aleluia critica opositora de projeto:
Foto : Divulgação CMS/ Antonio Queiros

Por Luiza Leão e Matheus Morais no dia 21 de Março de 2017 ⋅ 16:03

Defensor do projeto de lei 'Escola sem Partido', que ampara a criação de regras para evitar doutrinação ideológica política de professores a alunos, o vereador Alexandre Aleluia (DEM) criticou Marta Rodrigues (PT), que é opositora ao texto. Segundo Aleluia, o posicionamento de Marta, que defende que o projeto limita a autonomia dos docentes através de "mordaça", é sem fundamentos. 

"O que acontece é que muitas vezes o pessoal da esquerda emprega muitos jargões e isso é uma acusação infundada. Se a vereadora for ler o projeto, hora nenhuma tem algo realcionado a mordaça. Muito pelo contrário", disse o democrata ao Metro1, durante sessão realizada na Casa na tarde desta terça-feira (20).

Ainda segundo Aleluia, o projeto tem como objetivo promover a autonomia de ensino. "O texto favorece a liberdade do aluno poder escolher as diversas linhas de pensamento. O aluno não poder ser cooptado por militância para fazer protesto, para fazer atos políticos. Isso é errado, isso eu vou lutar contra", defendeu o vereador. 

Ainda em tom de crítica para a opositora, que entrou com representação no Ministério Público (MP) pedindo apuração de inconstitucionalidade no projeto, Alexandre declarou que o texto é legítimo. Ele disse ainda que a interferência do MP é "algo que enfraquece a casa". "Isso para mim é duvidar da legitimidade da casa. É colocar sob suspeita o nosso processo legislativo", declarou o democrata.

Notícias relacionadas