Política

Secretário cobra recursos de Temer e critica Congresso: 'Mundo da fantasia'

O secretário estadual de Infraestrutura, Marcus Cavalcanti, foi entrevistado por Mário Kertész, na Rádio Metrópole, na manhã desta terça-feira (4), e comentou os investimentos do governo Rui Costa (PT) em rodovias. Cavalcanti cobrou também mais recursos do governo federal (PMDB). O secretário ressaltou ainda a capacidade de endividamento do estado. \'Negociamos empréstimos com o Banco Europeu e o Banco Mundial para 5 mil quilômetros de rodovias. [Leia mais...]

[Secretário cobra recursos de Temer e critica Congresso: 'Mundo da fantasia' ]
Foto : Tácio Moreira/Metropress

Por Gabriel Nascimento e Matheus Morais no dia 04 de Abril de 2017 ⋅ 08:22

O secretário estadual de Infraestrutura, Marcus Cavalcanti, foi entrevistado por Mário Kertész, na Rádio Metrópole, na manhã desta terça-feira (4), e comentou os investimentos do governo Rui Costa (PT) em rodovias. Cavalcanti cobrou também mais recursos do governo federal (PMDB).

O secretário ressaltou ainda a capacidade de endividamento do estado. \'Negociamos empréstimos com o Banco Europeu e o Banco Mundial para 5 mil quilômetros de rodovias. O empréstimo com o Banco Mundial foi assinado e liberado e o do Europeu está emitindo cartas para o governo brasileiro, pedindo a assinatura e liberação desses recursos\', informou.

\'A Bahia tem plena capacidade de tomar empréstimos, mas como se trata de empréstimo internacional, precisa ser avaliado pelo governo brasileiro. Precisa de uma garantia, marcar reunião para liberar. Os primeiros dois mil quilômetros foram liberados já, falta o resto\', acrescentou.

Cavalcanti aproveitou para criticar a postura do Congresso Nacional. \'Brasília é mundo da fantasia, as pessoas não entendem que a realidade do povo brasileiro é outra. A Bahia tem dificuldade em obter recursos do tesouro nacional para fazer a malha rodoviária\', finalizou.

Notícias relacionadas