Política

Leo Prates revela qual foi o pior momento à frente da Câmara Municipal

O presidente da Câmara Municipal, Leo Prates (DEM-BA), foi entrevistado por Mário Kertész nesta quinta-feira (14), durante o Jornal da Cidade 2ª Edição da Rádio Metrópole. Durante a conversa, ele destacou as dificuldades de assumir a chefia do Poder Legislativo soteropolitano e revelou qual o período de maior dificuldade. [Leia mais...]

[Leo Prates revela qual foi o pior momento à frente da Câmara Municipal]
Foto : Antonio Queiros/CMS/Divulgação

Por Matheus Simoni no dia 14 de Setembro de 2017 ⋅ 17:23

O presidente da Câmara Municipal, Leo Prates (DEM-BA), foi entrevistado por Mário Kertész nesta quinta-feira (14), durante o Jornal da Cidade 2ª Edição da Rádio Metrópole. Durante a conversa, ele destacou as dificuldades de assumir a chefia do Poder Legislativo soteropolitano e revelou qual o período de maior dificuldade. \"O pior momento que tive foi janeiro. Diferente de outros cargos, quando se vence uma eleição, quando se assume no dia 1 de janeiro, na presidência da Câmara, se você se elege de manhã, de tarde você já tem que montar uma equipe. Há sempre uma desconfiança na política\", disse o vereador.

Prates ressaltou o trabalho da equipe que faz parte da gestão da Câmara. \"Eu vivi um janeiro como nunca vivi na minha vida. Foi o mês mais difícil e ainda tenho que aprender. Temos que ter humildade, é minha primeira vez como gestor. Tenho uma equipe muito boa, mas até conseguir engrenar essas peças e colocar a máquina do jeito que a gente pensa demora\", afirmou.

Notícias relacionadas