Política

Presidente estadual do PT diz que esperança para rumo do país é o retorno de Lula

O presidente estadual do Partido dos Trabalhadores (PT), Everaldo Anunciação, falou ao Metro1, nesta segunda-feira (2), sobre a liderança das intenções de votos do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) nas eleições para a Presidência da República em 2018. [Leia mais...]

[Presidente estadual do PT diz que esperança para rumo do país é o retorno de Lula]
Foto : Divulgação

Por Paloma Morais e Matheus Morais no dia 02 de Outubro de 2017 ⋅ 15:03

O presidente estadual do Partido dos Trabalhadores (PT), Everaldo Anunciação, falou ao Metro1, nesta segunda-feira (2), sobre a liderança das intenções de votos do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) nas eleições para a Preidência da República em 2018. Conforme dados do Instituto Datafolha, divulgados no último sábado (30), Lula tem 35% dos votos e saí à frente de outros candidatos como Jair Bolsonaro, Marina Silva e João Doria. De acordo com Everaldo, os números refletem em uma "manifestação natural da população brasileira", principalmente daqueles que necessitam de politicas publicas e acusou partidos aliados do atual presidente Michel Temer, ao qual ele chama de "golpista", de realizarem um "desmonte" às conquistas sociais encabeçadas pelo PT.

"É um desmonte que está sendo feito pelo DEM, pelo PSDB, PMDB e os partidos da base do golpista Temer, que desmontou as conquistas sociais e a população não quer um um país assim. Nós, o PT e a população, queremos que sejam punidos todos aqueles que cometeram, se envolveram em corrupção. Acho que a esperança para o povo de que se tome rumo do país é o retorno de Lula. São essas manifestações que estão se dando e acho que por conta disso que a gente deve trazer Lula de volta ao governo brasileiro", afirmou durante a cerimônia de posse da nova secretária de Cultura Arany Santana. 

Mesmo com a liderança, Lula ainda tem um número alto de rejeição (42%), e lidera também nesse quesito na pesquisa Datafolha. Questionado sobre o alto índice de negação, Everaldo afirmou que durante a campanha de Lula será esclarecido os "ataques" em que o ex-presidente tem sofrido há 12 anos pela mídia.

"Dá um resíduo dos ataques que desde 2005 ele sofre com esses ataques, são 12 anos de ataques. E vamos ter no processo  de campanha, eu acredito, a possibilidade de esclarecer a esse contingente de pessoas, que ainda são atingidas por uma imprensa e uma mídia que tem interesse não nacionais, tem interesse do capital internacional, de comandar, e acho que isso a gente consegue resolver no processo", disse.

O presidente estadual da sigla afirmou ainda que "sem dúvidas" Lula ajudará a dar maior força a candidatura à reeleição do governador da Bahia Rui Costa. "Acho que se completam. A esperança do povo com Lula e a realidade do povo vivido com o governo de Rui Costa, Eles se complementam e acho que isso dará novamente a Rui e a Lula um resultado eleitoral muito positivo", afirmou.

Notícias relacionadas