Política

Vereador sai em defesa de Neto após acusação de Trindade: "Tem que se respeitar e lavar a boca"

O vereador e presidente da Comissão de Constituição e Justiça, Paulo Magalhães Jr (PV), criticou o discurso do líder da oposição na Câmara Municipal de Vereadores, José Trindade (PSL), declarando que ele precisa "lavar a boca", depois que Trindade afirmou que o prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), lidera uma organização criminosa. [Leia mais...]

[Vereador sai em defesa de Neto após acusação de Trindade:
Foto : Reprodução/ Facebook

Por Luiza Leão no dia 03 de Outubro de 2017 ⋅ 17:44

O vereador e presidente da Comissão de Constituição e Justiça, Paulo Magalhães Jr (PV), criticou o discurso do líder da oposição na Câmara Municipal de Vereadores, José Trindade (PSL), declarando que ele precisa "lavar a boca", depois que Trindade afirmou que o prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), lidera uma organização criminosa.

Por causa das declarações, o vereador da base do governo Téo Senna (PHS) decidiu entrar com uma representação contra o parlamentar na corregedoria da Casa e será apurado se Trindade ʹferiu a ética e o decoro parlamentarʹ nas declarações contra o democrata.

"Quem ele pensa que é para agredir verbalmente o prefeito? Além de não ter limites, ele é mal educado. Tem que se respeitar e lavar a boca para se referir a Neto . Ele deve uma retratação pública. Atitudes como a dele é que enfraquecem a política e jogam o nome dos políticos na lama", Magalhães Jr.

Caso o documento seja aceito,  um inquérito no Conselho de Ética será aberto, podendo gerar até a perda do mandato de José Trindade.

Notícias relacionadas