Política

Doria culpa Haddad por queda em aprovação e diz que não é candidato a presidente

O prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), culpou seu antecessor, o ex-prefeito Fernando Haddad (PT), pela queda em sua avaliação , divulgado pelo instituto Datafolha neste domingo (8). [Leia mais...]

[Doria culpa Haddad por queda em aprovação e diz que não é candidato a presidente ]
Foto : Agência Brasil

Por Matheus Morais no dia 08 de Outubro de 2017 ⋅ 19:47

O prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), culpou seu antecessor, o ex-prefeito Fernando Haddad (PT), pela queda em sua avaliação , divulgado pelo instituto Datafolha neste domingo (8).

"É importante respeitar pesquisa, eu respeito pesquisa. Estamos com nove meses de gestão à frente da Prefeitura de São Paulo, sem recursos. Temos R$ 7,5 bilhões de deficit no orçamento da prefeitura [em relação à receita prevista pela gestão anterior]. Que foi herança do PT, que nos deixou esse rombo", disse Doria.

Em entrevista na manhã deste domingo, Doria também afirmou que vai manter sua agenda de viagens pelo país e para outros países. O prefeito esteve sábado (7) no Pará, onde participou do Cirio de Nazaré, e nesta semana já viaja pra Itália.

Na oportunidade, o tucano negou que seja candidato à presidência da República. "Eu não me apresento como candidato à presidência da República, eu me apresento sempre como prefeito da cidade de São Paulo. Quem induz, fala, quem apresenta o meu nome são as pesquisas, não sou eu. Não tenho nem que contestar a pesquisa porque não me apresento como tal", diz. "O dia de amanhã cabe ao amanhã, não sou capaz de prever o amanhã."

Notícias relacionadas