Política

Tasso Jereissati pede que Aécio deixe presidência do PSDB

Depois que o Senado devolveu o mandato de Aécio Neves (PSDB-MG), o senador Tasso Jereissati (CE) , presidente interino do PSDB, defendeu que o colega renuncie à presidência do partido. [Ĺeia mais...]

[Tasso Jereissati pede que Aécio deixe presidência do PSDB]
Foto : Agência Senado

Por Matheus Morais no dia 18 de Outubro de 2017 ⋅ 12:01

Depois que o Senado devolveu o mandato de Aécio Neves (PSDB-MG), o senador Tasso Jereissati (CE) , presidente interino do PSDB, defendeu que o colega renuncie à presidência do partido. \"Acho que ele não tem condições, dentro da circunstância que está, de ficar como presidente do partido. E nós precisamos ter uma solução definitiva e não provisória\", afirmou Tasso.


Tasso disse ainda que não conversou com o colega sobre o assunto, o que deve acontecer até o fim da tarde desta quarta-feira (18).
“A decisão de ontem foi a decisão da maioria e eu acho que é mal interpretada. No meu entender é dar ao senador Aécio o que ele não teve até agora, que foi o direito de defesa . Aqui, no próprio Senado, ele vai ter o Conselho de Ética onde ele vai ter que se defender e ao mesmo tempo o julgamento no Supremo continua”, lembrou ao ressaltar que, na Justiça, Aécio terá o direito de apresentar sua defesa que é o desejado do partido.

Aécio tinha sido afastado do mandato parlamentar por medida cautelar determinada pela Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal (STF). O colegiado também havia imposto o recolhimento noturno e a entrega do passaporte. No entanto, ontem, o plenário do Senado decidiu, por 44 votos a 26, suspender os efeitos da decisão da Corte.

Notícias relacionadas