Política

Após agenda confusa em Israel, Maia e mais 9 deputados vão à Itália em ʹtourʹ bancado pela Câmara

O presidente da Câmara dos Deputados Rodrigo Maia, que está em viagem bancada pelos cofres públicos com mais nove deputados, encerrou nesta quarta-feira (1º) sua agenda em Israel com passeio turístico pela Cidade Velha de Jerusalém e visitação a Belém, na Cisjordânia. Com um avião da Força Aérea Brasileira (FAB), o grupo embarcou na última sexta-feira (27) para um roteiro turístico que inclui também Itália e Portugal.[Leia mais...]

[Após agenda confusa em Israel, Maia e mais 9 deputados vão à Itália em ʹtourʹ bancado pela Câmara]
Foto : Agência Brasil

Por Paloma Morais no dia 01 de Novembro de 2017 ⋅ 16:11

O presidente da Câmara dos Deputados Rodrigo Maia, que está em viagem bancada pelos cofres públicos com mais nove deputados, encerrou nesta quarta-feira (1º) sua agenda em Israel com passeio turístico pela Cidade Velha de Jerusalém e visitação a Belém, na Cisjordânia. Com um avião da Força Aérea Brasileira (FAB), o grupo embarcou na última sexta-feira (27) para um roteiro turístico que inclui também Itália e Portugal.

Reuniões oficiais breves a portas fechadas, várias alterações de agenda e pouco contato com a imprensa, marcaram a passagem dos parlamentares por Israel entre os dias 29 de outubro e 1º de novembro. No período, a comitiva se reuniu com o presidente do Parlamento, Yuli Edelstein, e o ministro de Segurança Pública, Gilad Erdan, por cerca de 20 minutos. Em seguida, eles se reuniuram, a portas fechadas, com representantes de quatro empresas israelenses de segurança pública. Antes de irem ao Parlamento israelense (Knesset), os congressistas também participaram de uma visita guiada pelo Museu do Holocausto. O grupo também foi a Ramalá para colocar uma coroa de flores sobre o túmulo de Yasser Arafat. Depois, se reuniram por cerca de 20 minutos com o presidente da Autoridade Nacional Palestina, Mahmoud Abbas, o primeiro-ministro palestino, Rami Hamdallah, e outros membros do Conselho Legislativo da ANP.

Nesta quarta pela manhã, a comitiva foi a Belém, com agenda constando um único evento: a visita à Igreja da Natividade, que está sendo restaurada e precisa de apoio financeiro internacional para que as obras sejam finalizadas.

Dinheiro Público

Integram a comitiva os deputados Baleia Rossi (PMDB-SP), Marcos Montes (PSD-MG), José Rocha (PR-BA), Alexandre Baldy (PODE-GO), Benito Gama (PTB-BA), Cleber Verde (PRB-MA) e Heráclito Fortes (PSB-PI), além dos oposicionistas Orlando Silva (PCdoB-SP) e Rubens Bueno (PPS-PR). Ao todo, cada deputado recebeu US$ 2.750 (R$ 8.921) para as diárias no hotel, o que equivale, somados, R$ 90 mil dos cofres públicos.

Roteiro

Os políticos agora seguem para Itália, com um único compromisso: uma cerimônia no "monumento votivo militar brasileiro", na quinta-feira (2), em Pistoia, norte da Itália. Depois, a comitiva segue para Lisboa, para um encontro com diplomatas brasileiros e uma palestra de encerramento do 4º Seminário Internacional de Direito do Trabalho. Já no sábado, consta apenas "agenda privada" em Lisboa.

Notícias relacionadas