Política

ʹMelhor não falarʹ, diz Bretas sobre investigação de dossiês financiados por Cabral

O juiz Marcelo Bretas disse nesta quarta-feira (8) que prefere não comentar a investigação da Polícia Federal sobre dossiês que seriam financiados pelo ex-governador Sérgio Cabral, preso desde novembro de 2016, e se ateve a falar apenas que não \"está cuidado disso\". [Leia mais...]

[ʹMelhor não falarʹ, diz Bretas sobre investigação de dossiês financiados por Cabral]
Foto : Agência Brasil

Por Paloma Morais no dia 08 de Novembro de 2017 ⋅ 15:50

O juiz Marcelo Bretas disse nesta quarta-feira (8) que prefere não comentar a investigação da Polícia Federal sobre dossiês que seriam financiados pelo ex-governador Sérgio Cabral, preso desde novembro de 2016, e se ateve a falar apenas que não \"está cuidado disso\". Bretas foi questionado sobre o assunto por jornalistas que aguardavam para acompanhar a audiência na 7ª Vara Federal Criminal nesta quarta, a qual está previsto o primeiro interrogatório de Cabral após a discussão entre ele e o juiz.

Já aos procuradores, Bretas afirmou: \"Quem sabe não tem um documento (de ameaça) com firma reconhecida no cartório\", fazendo uma possível referência ao juiz Gilmar Mendes, do STF, que negou a transferência de Cabral a um presídio federal, após Bretas classificar como ameaça uma frase dele durante uma audiência.

Notícias relacionadas