Política

Raquel Dodge rejeita sugestões de ministro para portaria sobre trabalho escravo

A procuradora-geral da República rejeitou o documento entregue, pessoalmente, pelo ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira, com sugestões para aperfeiçoar a portaria que modificou as regras de combate e fiscalização do trabalho escravo. O documento foi entregue a Dodge na última terça-feira. [Leia mais...]

[Raquel Dodge rejeita sugestões de ministro para portaria sobre trabalho escravo]
Foto : Marcelo Camargo/Agência Brasil

Por Laura Lorenzo no dia 08 de Novembro de 2017 ⋅ 16:03

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, rejeitou o documento entregue, pessoalmente, pelo ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira, com sugestões para aperfeiçoar a portaria que modificou as regras de combate e fiscalização do trabalho escravo. O documento foi entregue a Dodge na última terça-feira (7).

Ainda na noite da terça, a PGR informou ao ministro que a proposta não atende nem à recomendação conjunta do Ministério Público Federal e do Ministério Público do Trabalho, nem à decisão judicial da ministra do Supremo Tribunal Federal (STF) Rosa Weber.

A portaria está suspensa pela decisão liminar (provisória) da ministra Rosa Weber, mas mesmo antes da determinação Dodge já havia classificado a portaria como \"retrocesso\" e solicitado que o governo a revogasse.

Notícias relacionadas