Política

Ministério Público pede condenação de cinco pessoas ligadas a Maluf

Após a condenação do deputado federal e ex-prefeito Paulo Maluf (PP-SP), o Ministério Público Federal (MPF) encaminhou à Justiça Federal de São Paulo nesta sexta-feira (10) um pedido para condenar cinco pessoas ligadas ao parlamentar. Eles são acusados de lavagem de dinheiro, fruto de desvios durante o período em que Maluf governou a capital paulista, entre 1993 e 1996.[Leia mais...]

[Ministério Público pede condenação de cinco pessoas ligadas a Maluf]
Foto : Leonardo Prado/Agência Câmara

Por Matheus Simoni no dia 10 de Novembro de 2017 ⋅ 14:50

Após a condenação do deputado federal e ex-prefeito Paulo Maluf (PP-SP), o Ministério Público Federal (MPF) encaminhou à Justiça Federal de São Paulo nesta sexta-feira (10) um pedido para condenar cinco pessoas ligadas ao parlamentar. Eles são acusados de lavagem de dinheiro, fruto de desvios durante o período em que Maluf governou a capital paulista, entre 1993 e 1996.

Segundo a investigação do MPF, os três filhos de Maluf, Flávio, Ligia e Lina; a ex-nora Jacqueline de Lourdes Coutinho, à época casada com Flávio; e a doleira Myrian Haber foram responsáveis por movimentações no exterior, entre 1997 e 2003, para ocultar o dinheiro cobrado como propina durante a construção da Avenida Água Espraiada – atualmente chamada Avenida Jornalista Roberto Marinho.

De acordo com testemunhas do caso, a construção da avenida custou três vezes mais que o necessário, totalizando R$ 796 milhões. Com a manifestação do MPF, o caso, que tramita na Justiça Federal porque nenhum dos réus têm foro privilegiado, está pronto para julgamento.

Notícias relacionadas