Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Política

Michel Temer chama de ʹextrema covardiaʹ morte de vereadora do Rio

A expectativa é de que o governo federal declare luto de três dias pela morte da vereadora, como foi feito pela prefeitura do Rio de Janeiro. [Leia mais...]

[Michel Temer chama de ʹextrema covardiaʹ morte de vereadora do Rio ]
Foto : Beto Barata/PR

Por Clara Rellstab no dia 15 de Março de 2018 ⋅ 14:40

O presidente Michel Temer (MDB) classificou como “extrema covardia” o assassinato da vereadora Marielle Franco (PSOL), morta na noite de ontem no Rio de Janeiro.

Em mensagem divulgada hoje nas redes sociais, o emedebista se solidarizou com os familiares e amigos da socialista e afirmou que o crime “não ficará impune”.

A expectativa é de que o governo federal declare luto de três dias pela morte da vereadora, como foi feito pela prefeitura do Rio de Janeiro.

O crime ocorreu a poucos dias de completar um mês o decreto assinado pelo presidente de intervenção federal no Rio de Janeiro para diminuir os índices de violência.

Notícias relacionadas