Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Política

ʹAtentado à democraciaʹ, diz Raquel Dodge sober assassinato de Marielle

“A vereadora Marielle era uma importante líder política no estado do RJ e era uma líder política, porque era defensora de direitos humanos, ela dava voz à comunidade”, declarou. [Leia mais...]

[ʹAtentado à democraciaʹ, diz Raquel Dodge sober assassinato de Marielle]
Foto : Mário Vasconcellos/CMRJ

Por Clara Rellstab no dia 16 de Março de 2018 ⋅ 18:00

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, afirmou hoje que seu gabinete acompanha de perto as investigações da morte da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes.

Segundo o site G1, a chefe da PGR classificou o episódio como um “atentado à democracia”. “A vereadora Marielle era uma importante líder política no estado do RJ e era uma líder política, porque era defensora de direitos humanos, ela dava voz à comunidade”, declarou.

Dodge esteve ontem no Rio de Janeiro, onde participou de uma reunião para acompanhar os trabalhos sobre as investigações do assassinato.

Notícias relacionadas