Política

Hildécio confirma saída e debandada do MDB baiano aumenta

A debandada de deputados estaduais do MDB baiano anda à pleno vapor. Ontem à noite, mais um parlamentar confirmou que vai se desfiliar da legenda. [Leia mais...]

[Hildécio confirma saída e debandada do MDB baiano aumenta ]
Foto : Sandra Travassos/ AL-BA

Por Matheus Morais no dia 27 de Março de 2018 ⋅ 09:28

A debandada de deputados estaduais do MDB baiano anda a pleno vapor. Ontem à noite, mais um parlamentar confirmou que vai se desfiliar da legenda. Trata-se de Hildécio Meireles, que deve oficializar a saída ainda no fim desta semana. Além dele, os deputados David Rios e Luciano Simões Filho já haviam anunciado que vão deixar a sigla.

Contatado pelo Metro1, na manhã de hoje, Meireles afirmou que deixou o MDB por algumas "convicções" e que ainda não tem um novo partido em vista. "Só vou para uma sigla que faça parte da base do prefeito ACM Neto. Agora estou tratando de coisas burocráticas para minha saída", disse. A bancada do MDB na Assembleia Legislativa conta agora apenas com Pedro Tavares, presidente estadual da agremiação, e Leur Lomanto Jr.

A saída dos parlamentares tem como motivo principal a situação dos irmãos Geddel – que está preso – e Lúcio Vieira Lima e o escândalo dos R$ 51 milhões encontrados pela Polícia Federal em um apartamento em Salvador. Lúcio ainda pode ter o mandato cassado por quebra de decoro parlamentar devido a um possível envolvimento com o caso do bunker.

Os parlamentares têm até dia 7 próximo para se filiar a uma nova legenda e poder disputar as eleições deste ano sem correr o risco de perda de mandato por infidelidade partidária.

Notícias relacionadas

[Bruno Reis volta a elogiar Prates e nega conflitos]
Política

Bruno Reis volta a elogiar Prates e nega conflitos

Por João Brandão e Juliana Rodrigues no dia 11 de Dezembro de 2019 ⋅ 15:52 em Política

Vice-prefeito ironizou a possibilidade de Prates passar a integrar a base do governador Rui Costa (PT): "Só rindo, né?"