Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Política

‘Temos que abstrair de pessoas’, afirma Janot sobre julgamento de Lula

Janot destacou ainda que a sessão terá como pano de fundo a tese sobre prisão após condenação em segunda instância. [Leia mais...]

[‘Temos que abstrair de pessoas’, afirma Janot sobre julgamento de Lula]
Foto : Marcelo Camargo/Agência Brasil

Por Clara Rellstab no dia 03 de Abril de 2018 ⋅ 17:00

O ex-procurador-geral da República Rodrigo Janot afirmou hoje (3), durante evento em uma universidade de Brasília, que será preciso “abstrair de pessoas” e olhar para as teses e feitos no julgamento do habeas corpus do ex-presidente Lula (PT) marcado para amanhã (4).

Janot destacou ainda que a sessão terá como pano de fundo a tese sobre prisão após condenação em segunda instância.

O subprocurador-geral declarou que não existe “super-homem” ou um personagem protagonista nos processos da Lava Jato. “Foi muito investimento em capacitação de pessoal e tecnologia de informação. Foi muito investimento no trabalho técnico e sorte”, disse.

Notícias relacionadas