Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Política

Trump manda militarizar fronteira com o México com a Guarda Nacional

Trump determinou a Nielsen, encarregada da segurança na fronteira, que "forneça treinamento ou instrução necessária para qualquer pessoal militar, incluindo unidades da Guarda Nacional", para apoiar seu Departamento nessa missão. [Leia mais...]

[Trump manda militarizar fronteira com o México com a Guarda Nacional]
Foto : NYMag

Por Alexandre Galvão no dia 05 de Abril de 2018 ⋅ 08:00

O presidente dos Estados Unidos (EUA), Donald Trump, determinou ontem (4) ao Pentágono e a outras agências do governo que lhe apresentem um plano para militarizar a fronteira com o México, com a utilização da Guarda Nacional.

O Pentágono "deverá apoiar o Departamento de Segurança Nacional a assegurar a fronteira sul e tomar novas medidas necessárias para deter o fluxo de drogas mortais e outros contrabandos, membros de gangues e outros delinquentes, e indocumentados a este país", ordenou Trump.

O mandatário americano deu 30 dias ao chefe do Pentágono, James Mattis; ao procurador-geral, Jeff Sessions; e à secretária de Segurança Nacional, Kirstjen Nielsen, para que lhe apresentem um relatório conjunto que detalhe o "plano de ação" para militarizar a fronteira.

Trump determinou a Nielsen, encarregada da segurança na fronteira, que "forneça treinamento ou instrução necessária para qualquer pessoal militar, incluindo unidades da Guarda Nacional", para apoiar o Departamento na missão.

Além disso, justificou a decisão de utilizar as Forças Armadas com o argumento de que o Pentágono tem experiência na proteção de fronteiras, já que auxilia outros países no trabalho.

Notícias relacionadas