Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Política

Oscar Maroni, dono do Bahamas, promete prêmio para quem matar Lula na prisão

O empresário Oscar Maroni, dono do Bahamas Club, sugeriu uma premiação em cerveja para quem matasse o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na prisão. [Leia mais...]

[Oscar Maroni, dono do Bahamas, promete prêmio para quem matar Lula na prisão]
Foto : Divulgação/ Facebook

Por Luiza Leão no dia 07 de Abril de 2018 ⋅ 13:30

O empresário Oscar Maroni, dono do Bahamas Club, sugeriu uma premiação em cerveja para quem matasse o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na prisão.

A declaração divulgada em vídeo pelas redes sociais, volta a fomentar ódio ao petista já que, em 2016, ele também prometeu dar cerveja grátis no estabelecimento dele, caso Lula fosse preso.

"Se o Lula for preso, a cerveja é de graça até a meia noite. Agora, se matarem ele na prisão, a cerveja vai ser de graça durante o mês inteiro", disse o empresário.

Outro homem que aparece ao lado do empresário questiona caso a morte seja executada de modo cruel. "E se for sofrida a morte?". Maroni debochou: "Aí eu dou meu rabo".

Oscar Maroni já foi preso em 2007, 2004 e 1998, pelos crimes de formação de quadrilha, exploração e prostituição.

O Bahamas Hotel Club é um ponto de encontro aberto 24 horas com a filosofia do hedonismo, a busca incansável pelo prazer.

 

Notícias relacionadas