Sexta-feira, 17 de setembro de 2021

Política

PF desautoriza delegado que pede prisão para ʹTemer, Alckmin, Aécio etcʹ

A Polícia Federal desautorizou o delegado Milton Fornazari Jr, da própria instituição pública, que, através de sua página no Facebook, defendeu a prisão de outros políticos do país. [Leia mais...]

PF desautoriza delegado que pede prisão para ʹTemer, Alckmin, Aécio etcʹ

Foto: Divulgação

Por: Luiza Leão no dia 09 de abril de 2018 às 15:51

A Polícia Federal desautorizou o delegado Milton Fornazari Jr, da própria instituição pública, que, pelo Facebook, defendeu a prisão de outros políticos do país.

"Agora é hora de serem investigados, processados e presos os outros líderes de viés ideológico diverso, que se beneficiaram dos mesmos esquemas ilícitos que sempre existiram no Brasil (Temer, Alckmin, Aécio etc)", escreveu o agente no sábado (7), após a prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Hoje (9), por meio de nota, a direção da PF divulgou que "as declarações proferidas são de cunho exclusivamente pessoal e contrariam o normativo interno referente a manifestações em nome da instituição".

Fornazari trabalha na presidência de inquéritos sensíveis sobre corrupção e crimes financeiros da Delegacia de Combate à Corrupção e Crimes Financeiros em São Paulo (Delecor).

"Lula preso. Objetivamente recebeu bens, valores, favores e doações para seu partido indevidamente por empresas que se beneficiaram da corrupção em seu governo", postou, logo após Lula decolar para Curitiba.

PF desautoriza delegado que pede prisão para ʹTemer, Alckmin, Aécio etcʹ - Metro 1