Política

Boulos defende Lula e apresenta propostas de campanha

Ainda de acordo com o socialista, dentro do campo considerado progressista existem diferenças de ideias e projetos. “E é saudável que seja assim. Tem que ter muita unidade para defender a democracia e diversidade para os projetos”. [Leia mais...]

[Boulos defende Lula e apresenta propostas de campanha ]
Foto :José Cícero da Silva

Por Alexandre Galvão e Gabriel Nascimento no dia 10 de Abril de 2018 ⋅ 08:26

O pré-candidato do PSOL à Presidência da República, Guilherme Boulos, defendeu o ex-presidente Lula em entrevista a Mário Kertész, na Rádio Metrópole. “Não houve nenhuma prova, Lula é um preso político. Contra Temer, há provas de monte e ele está no palácio. Contra o Aécio a mesma coisa, e ele segue no Senado. Contra Lula não há uma mala, e ele está preso em Curitiba”, lembrou.

Ainda de acordo com o socialista, dentro do campo considerado progressista, há diferenças de ideias e projetos. “E é saudável que seja assim. Tem que ter muita unidade para defender a democracia e diversidade para os projetos”, declarou.

Caso se eleja presidente, Boulos pretende convocar um plebiscito para que “o povo decida se quer manter ou revogar as medidas do Temer”. “[Quero] propor uma reforma tributária para que rico comece a pagar imposto no Brasil. Não é possível que o Brasil continue assim. Não tem taxação de grande fortuna. Tem casos escandalosos. Agora no início do ano, quem está me ouvindo no carro, teve que pagar IPVA. O super-rico do helicóptero, não paga nenhum imposto. Alterar profundamente a lógica do jogo político. Não pode ser balcão de negócios e as pessoas também não podem participar da discussão a cada quatro anos. O povo tem que estar decidindo sempre”, sugeriu.

Notícias relacionadas

[STF determina novo afastamento de Mário Negromonte do TCM-BA]
Política

STF determina novo afastamento de Mário Negromonte do TCM-BA

Por Matheus Simoni no dia 20 de Novembro de 2019 ⋅ 08:02 em Política

Ele é acusado de ter aceitado, em 2011, a promessa do pagamento de R$ 25 milhões de empresários relacionados ao Sindicato Nacional da Indústria de Componentes para Veícul...