Política

Dodge pede prioridade ao STF no julgamento de Nelson Meurer

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, se manifestou ontem (10) no Supremo Tribunal Federal pedindo prioridade no julgamento da ação penal contra o deputado federal Nelson Meurer (PP-PR) na Operação Lava Jato. [Leia mais...]

[Dodge pede prioridade ao STF no julgamento de Nelson Meurer]
Foto : José Cruz/Agência Brasil

Por Luiza Leão no dia 11 de Abril de 2018 ⋅ 17:02

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, pediu prioridade ontem (10) no Supremo Tribunal Federal ao julgamento da ação penal contra o deputado federal Nelson Meurer (PP-PR) na Operação Lava Jato.

A acusação aponta que o parlamentar teria recebido R$ 357 milhões, entre 2006 e 2014, do ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa, por meio do doleiro Alberto Youssef. De acordo com a Procuradoria-Geral da República, Meurer praticou corrupção por bancar o ex-diretor e também por permitir os esquemas de corrupção em benefício da legenda.

Os filhos dele, Nelson Meurer Júnior e Cristiano Augusto Meurer, teriam também se beneficiado com vantagens indevidas.

Em documento enviado ao ministro Celso de Mello, que é revisor do caso, cuja relatoria é de Edson Fachin, Raquel alega "risco de ocorrência de prescrição retroativa". Isso significa que Meurer pode ser condenado à pena mínima de dois anos de reclusão por corrupção passiva.

Notícias relacionadas