Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Política

Elinaldo atinge Neto e privilegia política local após demissões

Os “forasteiros”, como eram chamados pela oposição, deram lugar a quadros da cidade. Alguns, claro, sobreviveram. O prefeito espera, com isso, contemplar seus candidatos à Assembleia Legislativa e à Câmara dos Deputados, notadamente o vice-prefeito, José de Tude e o já congressista Paulo Azi. [Leia mais...]

[Elinaldo atinge Neto e privilegia política local após demissões]
Foto : Angelo Pontes / Divulgação Prefeitura de Camaçari

Por Alexandre Galvão no dia 13 de Abril de 2018 ⋅ 11:30

As demissões e mudanças que o prefeito de Camaçari, Antonio Elinaldo (DEM), fez na cidade têm apenas um objetivo, segundo fontes ouvidas pelo Metro1: beneficiar os políticos locais.

O democrata, na última semana, trocou nove peças no primeiro escalão. Seis demissões e três mudanças de posição dentro do seu secretariado. Os mais atingidos foram os indicados pelo prefeito ACM Neto (DEM) para compor a gestão.

Os “forasteiros”, como eram chamados pela oposição, deram lugar a quadros da cidade. Alguns, claro, sobreviveram. O prefeito espera, com isso, contemplar seus candidatos à Assembleia Legislativa e à Câmara dos Deputados, notadamente o vice-prefeito, José de Tude e o já congressista Paulo Azi.

Entre os desalocados, apesar de o clima não ser dos melhores, há também a sensação de que foram sacados dos cargos no momento em que os resultados seriam melhores. O prefeito não se sensibilizou com os apelos dos aliados.

Notícias relacionadas