Política

Lídice vê viabilidade em Joaquim Barbosa, mas diz ter ‘senões’ com candidatura

A legenda deve, em reunião, debater os rumos que tomará no pleito presidencial. Integrante da executiva da legenda, Lídice disse que irá ponderar uma possível candidatura do ex-ministro. “Não é questão de ser favorável ou não. Tenho alguns senões. O partido tem direito de ter candidato. Como vai ser isso, de que form? O partido tem compromisso de respeitar as alianças regionais”, disse, ao sinalizar que manterá o apoio ao governador Rui Costa (PT) na Bahia. [Leia mais...]

[Lídice vê viabilidade em Joaquim Barbosa, mas diz ter ‘senões’ com candidatura ]
Foto : Rafael Nunes / Divulgação

Por Alexandre Galvão no dia 17 de Abril de 2018 ⋅ 13:40

A senadora baiana Lídice da Mata avaliou como “viável” a candidatura do ex-presidente do STF (Supremo Tribunal Federal) Joaquim Barbosa (PSB) à Presidência da República. Contatada pelo Metro1, a comandante do PSB baiano apontou o último Datafolha como indicativo da competitividade do ministro aposentado.

“O fato de ele ter 10% mostra que pode ser candidato, mas o partido ainda não discutiu nem ele tomou decisão. Isso mostra até uma força maior dele. Sem o esforço de ninguém, mostra que está onde está. O bom é que temos tempo [para debater”, afirmou.

A legenda vai discutir em reunião os rumos que tomará no pleito presidencial. Integrante da executiva da legenda, Lídice disse que irá ponderar sobre uma possível candidatura do ex-ministro. “Não é questão de ser favorável ou não. Tenho alguns senões. O partido tem direito de ter candidato. Como vai ser isso, de que forma? O partido tem compromisso de respeitar as alianças regionais”, disse, ao reafirmar que vai manter o apoio ao governador Rui Costa (PT) na Bahia.

Notícias relacionadas

[Doria diz que Bolsonaro precisa trabalhar mais e tuitar menos]
Política

Doria diz que Bolsonaro precisa trabalhar mais e tuitar menos

Por Juliana Rodrigues no dia 20 de Setembro de 2019 ⋅ 10:40 em Política

Nova provocação entre os potenciais adversários nas eleições presidenciais de 2022 acontece em meio ao anúncio de investimentos da montadora Toyota em São Paulo