Política

Dirceu revela convivência com políticos presos e se diz tranquilo em voltar à cadeia

"Não muda nada. Preso ou aqui fora, vou fazer tudo o que eu fazia: ler, estudar e fazer política.Eu tenho que cumprir a pena. Eu não posso brigar com a cadeia. O preso que briga com a cadeia cai em depressão, começa a tomar remédio", disse. [Leia mais...]

[Dirceu revela convivência com políticos presos e se diz tranquilo em voltar à cadeia ]
Foto : Fabio Rodrigues Pozzebom/ Agência Brasil

Por Alexandre Galvão no dia 20 de Abril de 2018 ⋅ 12:50

Ex-homem forte do governos petista, José Dirceu não se desespera com a possibilidade de voltar à cadeia. Em entrevista à Folha, o petista fala com naturalidade até mesmo da hipótese de "nunca sair" da cadeia.

"Não muda nada. Preso ou aqui fora, vou fazer tudo o que eu fazia: ler, estudar e fazer política. Eu tenho que cumprir a pena. Eu não posso brigar com a cadeia. O preso que briga com a cadeia cai em depressão, começa a tomar remédio", disse.

Dirceu falou ainda sobre a convivência com Eduardo Cunha, ex-presidente da Câmara dos Deputados. "Ele é muito disciplinado. Dedica uma parte do tempo para ler a Bíblia, frequenta o culto. Conhece a Bíblia profundamente. E em outra parte do tempo se dedica a ler os processos", revelou.

Sobre Marcelo Odebrecht, o ex-ministro relata uma rotina extensa de exercício. "Ele ficava sozinho em uma cela. É afável, educado. Mas tem uma vida muito própria. Faz ginástica oito, dez horas por dia. Então não convive, né? Todo mundo sabia que ele era assim e todo mundo respeitava", disse.

Notícias relacionadas