Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Política

Governo descarta nova MP de lei trabalhista

Com isso, ficam no limbo trabalhadores intermitentes, gestantes em atividades insalubres, garçons e autônomos. [Leia mais...]

[Governo descarta nova MP de lei trabalhista]
Foto : Camila Domingues/ Palácio Piratini

Por Clara Rellstab no dia 20 de Abril de 2018 ⋅ 13:10

O governo decidiu não enviar ao Congresso, por ora, nenhuma proposta para substituir a Medida Provisória 808, que faz ajustes na reforma trabalhista e perde a validade na próxima segunda-feira (23).

Segundo técnicos envolvidos nas discussões, não há clima no Legislativo para voltar ao assunto no momento. Assim, ficou acertado que o Executivo vai apenas editar decreto e portarias para regulamentar alguns aspectos pontuais da nova lei trabalhista.

Com isso, ficam no limbo os trabalhadores intermitentes, gestantes em atividades insalubres, garçons e autônomos.

Notícias relacionadas