Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Política

Lava Jato impactou geração de empregos em Camaçari, acredita prefeito

O democrata disse ainda que irá lançar “um pacote de obras” para reaquecer o mercado de trabalho local. “Vou exigir das empresas [que ganhem as licitações que empreguem pessoas da localidade”, disse. [Leia mais...]

[Lava Jato impactou geração de empregos em Camaçari, acredita prefeito ]
Foto : Tácio Moreira/ Metropress

Por Alexandre Galvão e Gabriel Nascimento no dia 26 de Abril de 2018 ⋅ 08:18

Prefeito de Camaçari, na Região Metropolitana de Salvador (RMS), Antonio Elinaldo (DEM) acredita que a Lava Jato impactou na geração de empregos na cidade. O município tem vocação industrial, por conta do grande número de empresas situadas no local.

“Camaçari tem sofrido muito e depois dessa crise na Petrobras, a Odebrecht, OAS, que tocavam as obras no país, isso impactou em Camaçari. O Polo Petroquímico tem fechado empresas, a Ford não tem contratado como antes. Uma coisa que não consegui ainda e estamos dialogando é aquecer a economia”, afirmou, a Mário Kertész, na Rádio Metrópole.

O democrata disse ainda que irá lançar “um pacote de obras” para reaquecer o mercado de trabalho local. “Vou exigir das empresas [que ganhem as licitações que empreguem pessoas da localidade”, disse.

O gestor afirma que, em um ano e quatro meses, requalificou 22 postos de saúde e cerca de 30 escolas e praças.

Notícias relacionadas