Terça-feira, 21 de setembro de 2021

Política

Bruno Reis defende obra polêmica na Barra: ‘No final, todos vamos aplaudir’

Com o custo de R$ 2 milhões e opiniões divididas entre os soteropolitanos, a requalificação do entorno do Cristo da Barra foi defendida pelo vice-prefeito de Salvador, Bruno Reis (DEM). [Leia mais...]

Bruno Reis defende obra polêmica na Barra: ‘No final, todos vamos aplaudir’

Foto: Divulgação/ Medeiros Santos

Por: Luiza Leão no dia 26 de abril de 2018 às 20:45

Com o custo de R$ 2 milhões e opiniões divididas entre os soteropolitanos, a requalificação do entorno do Cristo da Barra foi defendida pelo vice-prefeito de Salvador, Bruno Reis (DEM).

“Com a beleza que ficou o projeto, no final, todos nós vamos aplaudir”, disse o democrata, em entrevista à Rádio Metrópole, ao minimizar a polêmica entorno do pedestal do monumento, que, inclusive, foi comparado a um fusível.

Ainda de acordo com o Bruno, antes de a atual obra ser sacramentada, outras possibilidades sobre a intervenções idealizadas pela Fundação Mário Leal Ferreira foram consideradas.

“Depois das possibilidades, chegou a conclusão de que aquele o Cristo se tornaria o aspecto mais visível. A base de vidro, vazada, preserva muito mais a imagem do Cristo. Eu confesso que quando vi o projeto eu achei melhor do que era antes. Eu aposto na qualidade do projeto que foi realizado e teve o apoio do Iphan”, acrescentou.

Leia também: 

Líder da oposição chama obra no Cristo da Barra de ʹreforma inútilʹ

‘Falta bom senso’, diz Amabarra sobre nova base do Cristo da Barra 

Empreiteira substitui vidro ʹinquebrávelʹ do ʹfusívelʹ da Barra

Empresa que construiu ʹfusívelʹ do Cristo da Barra foi punida por má qualidade de obra

Bruno Reis defende obra polêmica na Barra: ‘No final, todos vamos aplaudir’ - Metro 1