Política

Dilma minimiza declaração de Wagner sobre apoiar Ciro na disputa presidencial

A ex-presidente da República ressaltou que o PT não vai discutir um plano B nem oferecer outro candidato para substituir Lula

[Dilma minimiza declaração de Wagner sobre apoiar Ciro na disputa presidencial]
Foto : Divulgação/Flickr

Por Metro1 no dia 06 de Maio de 2018 ⋅ 08:30

A ex-presidente Dilma Rousseff (PT) minimizou, ontem, a declaração do ex-governador da Bahia, Jaques Wagner (PT), sobre a hipótese de o PT abrir mão de uma candidatura e apoiar o ex-ministro Ciro Gomes (PDT) na disputa presidencial.

Em um evento em Londres, a ex-chefe do Palácio do Planalto declarou que conversou com o correligionário há três dias, quando estava em Porto Alegre, e que ele lhe disse que foi mal interpretado.

"Em tempos normais, acho que ele [Jaques Wagner] quis dizer que o PT pode apoiar outro partido e eu acho até que deve [no futuro]. Mas neste momento, nesta conjuntura, esta não é a nossa posição", afirmou Dilma.

Segundo o jornal Folha de S. Paulo, a ex-presidente ressaltou que não vai discutir um plano B nem oferecer outro candidato. "Não vamos tirá-lo das eleições de 2018. Se ele participar, ele ganha", frisou. 

Notícias relacionadas