Política

Lava Jato: contrato investigado é o que a Odebrecht diz ter negociado com Temer

Em delação, o ex-presidente da empreiteira disse que o MDB recebeu, em propina, mais de R$ 142 milhões

[Lava Jato: contrato investigado é o que a Odebrecht diz ter negociado com Temer]
Foto : Marcos Corrêa/PR

Por Metro1 no dia 08 de Maio de 2018 ⋅ 18:00

O contrato que está sob investigação na etapa da Operação Lava Jato deflagrada hoje (8) é o mesmo que a Odebrecht diz que negociou com o presidente Michel Temer, em 2010.

De acordo com a Folha de S. Paulo, as negociações teriam sido em troca de propina. Firmado entre a Petrobras e a Odebrecht, o documento envolvia levantamentos de segmentos como segurança, saúde e meio ambiente.

O contrato internacional englobava nove países onde a estatal atua, com valor contratual que ultrapassava os US$ 825 milhões. Em moeda brasileira, a quantia se aproxima de R$ 2,9 bilhões.

Em delação, o ex-presidente da empreiteira disse que o MDB recebeu, em propina, quantia referente a cinco por cento do contrato. Em dólar, o valor seria de US$ 40 milhões. Em reais, mais de R$ 142 milhões.

Ainda de acordo com o delator, além de Temer, vice-presidente do país à época, o ex-deputado Eduardo Cunha, também teria participado do encontro para tratar o acordo.

Notícias relacionadas

[Doria diz que Bolsonaro precisa trabalhar mais e tuitar menos]
Política

Doria diz que Bolsonaro precisa trabalhar mais e tuitar menos

Por Juliana Rodrigues no dia 20 de Setembro de 2019 ⋅ 10:40 em Política

Nova provocação entre os potenciais adversários nas eleições presidenciais de 2022 acontece em meio ao anúncio de investimentos da montadora Toyota em São Paulo