Política

Gualberto não descarta deixar candidatura, mas nega pressa: ‘Dona Maria só vai se preocupar com eleição em agosto’

Na avaliação do parlamentar, que nega haver dificuldades em estabelecer a aliança, um dos motivos para que o acordo se arraste é a indefinição do cenário nacional

[Gualberto não descarta deixar candidatura, mas nega pressa: ‘Dona Maria só vai se preocupar com eleição em agosto’]
Foto : Alexssandro Loyola/Liderança do PSDB na Câmara

Por Evilásio Júnior no dia 09 de Maio de 2018 ⋅ 17:00

Pré-candidato ao governo baiano e presidente estadual do PSDB, o deputado federal João Gualberto não descarta abrir mão de disputar o Palácio de Ondina em função de uma composição com o DEM, que lançou o nome de José Ronaldo de Carvalho.

No entanto, o tucano diz desconhecer o prazo estimado pelo prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), para a arrumação ser efetivada – este mês de maio – e nega pressa para firmar o possível acordo.

“Eu não faço nada para barganhar. A gente achou que devia lançar candidatura. Eu acho que a minha candidatura e a de José Ronaldo são viáveis, e depois vê no segundo turno. Agora, a gente não pode desconsiderar o contexto nacional e um monte de coisa. Como as convenções ainda serão em agosto. A situação [de indefinição] está no Brasil todo. Acho que não precisa essa pressa, não. Se você perguntar a Dona Maria, que está aí no IAPI, ela vai se preocupar com a eleição somente em agosto, e olhe lá se não for em setembro”, comparou Gualberto, em entrevista ao Metro1.

Na avaliação do parlamentar, que nega haver dificuldades em estabelecer a aliança, um dos motivos para que o acordo se arraste é a indefinição do cenário nacional. Ele provoca o DEM a retirar o nome do presidente da Câmara da corrida pelo Planalto.

“De jeito nenhum [há dificuldade]. O PSDB é um parceiro nacional do DEM. Isso [composição] pode acontecer, pode não acontecer. Pode tudo, né? A gente não pode esquecer do contexto nacional. O DEM até hoje tem candidato [Rodrigo Maia], que nem 1% tem. A eleição de Geraldo [Alckmin] é importante para a gente”, deu a dica.

Notícias relacionadas