Política

Presidente do INSS é demitido após fraude em contrato

A saída ocorreu após a divulgação de um contrato com uma empresa de informática cuja sede funcionava em loja destinada a venda de bebidas

[Presidente do INSS é demitido após fraude em contrato]
Foto : Divulgação

Por Metro1 no dia 16 de Maio de 2018 ⋅ 13:40

O presidente do INSS, Francisco Lopes, foi demitido hoje (16), após a divulgação de um contrato com uma empresa de informática cuja sede funcionava em uma loja destinada a venda de bebidas.

A revelação foi feita em reportagem do jornal O Globo. A demissão foi confirmada pelo Ministério do Desenvolvimento Social ao qual o INSS é subordinado e deve ser formalizada e publicada no Diário Oficial da União.

A RSX Informática Ltda havia sido contratada para fornecer programas de computador para o INSS. De acordo com a publicação, o contrato, no valor de R$ 8,8 milhões, foi assinado mesmo após um parecer de técnicos do órgão indicar que os programas de computador oferecidos pela RSX não tinham utilidade para o INSS.

As informações do periódico apontam ainda que após liberar R$ 4 milhões à empresa, sem obter nenhum serviço em troca, o presidente do instituto admitiu ter autorizado o gasto sem verificar a procedência da companhia.

Notícias relacionadas

[Após Roda Viva, Temer nega 'golpe': 'Jamais houve isso']
Política

Após Roda Viva, Temer nega 'golpe': 'Jamais houve isso'

Por Juliana Almirante no dia 17 de Setembro de 2019 ⋅ 11:17 em Política

Ex-presidente levantou polêmica nas redes sociais ao usar na TV a palavra "golpe", frequentemente utilizada pela oposição para se referir ao impeachment

[CPMI das Fake News vota plano de trabalho hoje]
Política

CPMI das Fake News vota plano de trabalho hoje

Por Juliana Almirante no dia 17 de Setembro de 2019 ⋅ 10:40 em Política

Além dos estudos e pareceres técnicos elaborados, a intenção é incluir ferramentas de consulta pública

[Petrobras vai segurar preço da gasolina no curto prazo]
Política

Petrobras vai segurar preço da gasolina no curto prazo

Por Juliana Rodrigues no dia 17 de Setembro de 2019 ⋅ 08:40 em Política

Preocupação de especialistas e investidores é que a empresa seja usada novamente para atender às demandas do governo, o que pode atrapalhar negociações

[Mesmo com ordem de repouso, Bolsonaro antecipa volta ao cargo]
Política

Mesmo com ordem de repouso, Bolsonaro antecipa volta ao cargo

Por Juliana Rodrigues no dia 17 de Setembro de 2019 ⋅ 07:40 em Política

Embora tenha dito estar bem, o presidente admitiu que só voltará "à atividade 100%" depois da viagem para os Estados Unidos, marcada para o dia 23 de setembro