Quinta-feira, 05 de agosto de 2021

Política

Ministro do TCU vê lavagem de dinheiro em empréstimo do BB a socialite

A Torke Empreendimentos, que tinha Val Marchiori como sócia, obteve em 2013 financiamento de R$ 2,7 milhões para a compra de cinco caminhões

Ministro do TCU vê lavagem de dinheiro em empréstimo do BB a socialite

Foto: Divulgação

Por: Alexandre Galvão no dia 18 de setembro de 2018 às 15:00

O ministro do Tribunal de Contas da União, André Luís de Carvalho, vai pedir que a Corte multe gestores do Banco do Brasil por supostas fraudes em empréstimos concedidos a uma empresa da apresentadora e socialite Val Marchiori.

De acordo com a Folha, o magistrado sustenta que houve lavagem de dinheiro em operações feitas pela firma dela, após a obtenção dos recursos.

A Torke Empreendimentos, que tinha Marchiori como sócia, obteve em 2013 financiamento de R$ 2,7 milhões para a compra de cinco caminhões. O dinheiro vinha do Programa de Sustentação do Investimento, do BNDES. 

Outros R$ 200 mil, de linha de crédito do próprio Banco do Brasil, foram liberados para a compra de um Porsche Cayenne, de uso da apresentadora.

O TCU abriu uma investigação e pautou o caso para julgamento em setembro do ano passado. O relator do processo, ministro José Múcio Monteiro, discordou dos auditores da Corte, que propunham multas, e votou para que os gestores do BB não fossem punidos.

Houve pedido de vista de Carvalho, que deve apresentar amanhã (19) posição divergente.

Ministro do TCU vê lavagem de dinheiro em empréstimo do BB a socialite - Metro 1