Política

Juiz mantém prisão de aliado de Perillo para evitar ‘desequilíbrio’ na eleição

Ex-tesoureiro foi preso na semana passada na operação Cash Delivery

[Juiz mantém prisão de aliado de Perillo para evitar ‘desequilíbrio’ na eleição]
Foto : Divulgação

Por Rodrigo Daniel Silva no dia 03 de Outubro de 2018 ⋅ 15:40

O juiz da 11ª Vara Federal Criminal de Goiânia, Rafael Ângelo Slomp, manteve a prisão de Jayme Rincón – ex-tesoureiro do ex-governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB) – com o argumento de evitar o "desequilíbrio" na eleição.

Na decisão, o magistrado ressaltou que Jayme Rincón poderia "perpetuar o aparato de arrecadação de valores espúrios" o que provocaria "desequilíbrio".

O ex-tesoureiro foi preso na semana passada na operação Cash Delivery sob acusação de recepetar supostamente R$ 10 milhões destinados a Perillo pela Odebrecht.

Notícias relacionadas

[Damares diz não ter dever de custear Memorial da Anistia]
Política

Damares diz não ter dever de custear Memorial da Anistia

Por Juliana Almirante no dia 16 de Setembro de 2019 ⋅ 07:26 em Política

“Um Memorial da Anistia seria algo como o Memorial do Esquecimento”, diz o texto enviado pelo ministério ao MPF, que questionou cancelamento de obra