Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Política

Após votar em SP, Boulos pede que eleitor não deposite 'medo e ódio' nas urnas

Candidato fez críticas ao presidenciável Jair Bolsonaro e disse acreditar em decisão no segundo turno

[Após votar em SP, Boulos pede que eleitor não deposite 'medo e ódio' nas urnas]
Foto : Paulo Guilherme/G1

Por Juliana Rodrigues no dia 07 de Outubro de 2018 ⋅ 10:48

O candidato do PSOL à Presidência da República, Guilherme Boulos, votou hoje (7) pela manhã em São Paulo, acompanhado da família. Após registrar o voto, ele pediu ao eleitor que "não deposite medo e ódio nas urnas", segundo o G1.

O postulante ainda fez críticas ao líder das pesquisas, Jair Bolsonaro (PSL). "Sempre estivemos nas ruas para barrar o atraso. Ele não, ele jamais. Não podemos brincar com país que está à beira do abismo. Ditadura nunca mais", afirmou. Na visão de Boulos, a eleição será decidida no segundo turno.

Notícias relacionadas