Terça-feira, 27 de julho de 2021

Política

Haddad fala em 'unir os democratas do Brasil' no segundo turno

Candidato petista vai enfrentar Jair Bolsonaro, do PSL

Haddad fala em 'unir os democratas do Brasil' no segundo turno

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Por: Juliana Rodrigues no dia 08 de outubro de 2018 às 08:40

O candidato à Presidência da República pelo PT, Fernando Haddad, comemorou ontem (7) a ida ao segundo turno das eleições, no qual terá Jair Bolsonaro, do PSL, como adversário.

Ao lado de aliados, Haddad fez um um pronunciamento após a confirmação do resultado e afirmou que é preciso ter "senso de responsabilidade" e "unir os democratas do Brasil".

"Nós queremos unir as pessoas que têm atenção aos mais pobres desse país tão desigual. Queremos um projeto amplo para o Brasil, profundamente democrático, mas também que busque de forma incansável justiça social”, afirmou.

O petista também informou que já conversou com os candidatos Ciro Gomes (PDT), Marina Silva (Rede) e Guilherme Boulos (PSOL).

Haddad classificou a eleição de 2018 como "incomum". "Essa [eleição] de 2018 coloca muita coisa em jogo, muita coisa em risco, o próprio pacto da Constituinte de 88 está hoje em jogo em função das ameaças que sofre quase que diariamente", disse.

O segundo turno das eleições será realizado no dia 28 de outubro. A campanha na TV e no rádio recomeça na sexta (12).

Haddad fala em 'unir os democratas do Brasil' no segundo turno - Metro 1